Temer bateu a carteira do povo brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2017 15h16
EFE/Joédson AlvesChegará uma hora em que Temer não terá mais o que oferecer

“Temer é um denunciado desqualificando o denunciante”, diz o comentarista Marco Antonio Villa, repercutindo entrevista ao Estadão em que o presidente disse que a saída de Rodrigo Janot da Procuradoria-Geral deixará a Lava Jato no “rumo certo.

“Temer bateu a carteira do povo brasileiro”, diz Villa. “Age da mesma forma na relação entre Executivo e Legislativo, até com muito mais eficiência que o PT”.

“Comprou deputados para se manter na Presidência a qualquer custo”.

“Mais uma declaração infeliz e de alguém que tenta fugir da Justiça”.

“Agora há um governo zumbi com um presidente zumbi”, projeta.

“Vai ser muito difícil que ele termine o governo em 31 de dezembro do ano que vem”.

“Todas as votações agora ele vai ter que dar algo em troca”, avalia, dizendo que o PSDB está rachado e o centrão, cobrando mais favores.

Ouça o comentário completo do professor Marco Antonio Villa no Jornal da Manhã deste sábado. Villa também falou sobre a crise na Venezuela e a violência no Rio de Janeiro: