Todo mundo quer mamar nas tetas do Estado

  • Por Jovem Pan
  • 03/02/2018 13h38
Fellipe Sampaio/SCO/STFComentarista criticou penduricalhos no Supremo Tribunal Federal

Em comentário ao Jornal da Manhã deste sábado, Marco Antonio Villa falou sobre o auxílio-moradia dado a juízes.

Ouça:

Villa comenta que o juiz Sergio Moro cometeu um equívoco ao defender o benefício como forma de compensar a falta de aumento do salário. “Auxílio-moradia é absolutamente imoral”, disse Villa, lembrando que na última sexta (2) mostrou no Jornal da Manhã os excessos do STF. Relembre:

O historiador lembrou que a Constituição de 1988 deu ao Judiciário autonomia para se autogerir. “O que era correto, ter autonomia, se tornou uma ‘festa do boi’”, disse Villa.

“Villa rebate, no entanto, o discurso do PT para desqualificar o trabalho de Moro na Lava Jato. “Outra coisa bem diferente corrupção passiva e lavagem de dinheiro”, disse, em referência aos crimes pelos quais o ex-presidente Lula foi condenado.

“Temos de construir uma estrutura ética e moral no Estado brasileiro. É uma construção longa, não ocorre da noite para o dia”, disse Villa.

“Todo mundo quer mamar nas tetas do Estado”, lamentou.

Lula

Villa também comentou a estratégia da defesa do ex-presidente Lula para tentar evitar a prisão e a inelegibilidade.

“Eles querem encaminhar (o recurso) para a Segunda Turma (do STF). Lá eles acreditam ter o voto encaminhado de três ministros”, disse. “Vai dar errado”, projetou.

O comentarista prevê: “em meados de abril Lula vai mudar seu domicílio da avenida Prestes Maia em São Bernardo do Campo para um presídio em Curitiba”.