0:00
0:00

Diante do caos, governador do ES garante que não negociará com “chantagistas”

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2017 08h21
Reinaldo Carvalho / ALESReinaldo Carvalho / ALESPaulo Hartung

Diante do caos que vive o Estado do Espírito Santo com o aquartelamento de policiais militares na Grande Vitória, há a expectativa por quando tudo terá um fim.

Ainda em recuperação após ser submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor na bexiga, o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, chamou de chantagistas os que realizam a paralisação da segurança no Estado.

Segundo a comentarista Vera Magalhães, o governador fala em não ceder aos grevistas  enquanto estes não retomarem seus trabalhos. “Ele não vai negociar nada enquanto a corporação não retomar”, diz Vera.

Paulo Hartung disse ainda ver motivações políticas na paralisação e disse que existem políticos e sindicalistas incentivando o movimento.  

Vera Magalhães, que conversou exclusivamente com o governador do ES, afirma ainda que ele dará informações mais detalhadas do que ele classificou como “o maior movimento de chantagem corporativa já feito contra a população de um Estado”.

Confira: