0:00
0:00

Funaro pode destrinchar o esquema do PMDB

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2017 15h20 - Atualizado em 29/06/2017 00h46
Cristina Gallo/Agência SenadoCristina Gallo/Agência SenadoLucio Funaro

Nome de Lucio Funaro ganha projeção nas últimas semanas depois de ser citado em conversas gravadas entre Michel Temer e Joesley Batista. O personagem teve trânsito entre empresários e a alta Cúpula do PMDB e vem sendo interrogado em inquéritos contra o presidente da República.

A principal razão é de que ele é apontado pelos investigadores como um homem de dentro dos esquemas dos peemedebistas. Os que conhecem Lucio Funaro o descrevem como brilhante, carismático, maluco e descontrolado, o que representa perigo diante do que sabe.

O doleiro permanece calado faz quase um ano desde que foi levado ao presídio da Papuda, no Distrito Federal. A cada mês circulam boatos de que ele estaria negociando delação premiada, mas nas últimas semanas emitiu um sinal efetivo de que o momento chegou.

Vera Magalhães comenta: Mas consta que não vai ficar calado mais por muito tempo. Consta que ele vai fazer delação premiada e já contratou advogado especialista em colaborações judiciais.

Funaro é um personagem antigo, já flagrado no esquema do mensalão e que já fez delação quando o artifício ainda não tinha toda a pompa atual.

Ele pode destrinchar todo o esquema do PMDB, pois é conhecedor profundo das vísceras da sigla. Ele foi muito próximo de Eduardo Cunha, Henrique Eduardo Alves, Eliseu Padilha e outros próceres peemedebistas.