0:00
0:00

Michel Temer pode ser alvo de nova investigação sobre decreto dos portos

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2017 09h30 - Atualizado em 29/06/2017 00h19
BRASILIA DF 23/02/2010 POLITICA Presidente Michel Temer recebe Deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) e convidado na Camara dos Deputados FOTO JBatista / Agencia CamaraJBatista / Agencia CamaraMichel Temer e Rocha Loures - ACAMARA

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ainda analisa se pede novo inquérito contra o presidente Michel Temer.

O grampo ainda desconhecido que a defesa de Temer diz existir é aquele em que o presidente e o ex-assessor, hoje preso, Rodrigo Rocha Loures discutem o decreto dos portos, de interesse da empresa Rodrimar, que tinha uma relação muito próxima a Loures.

O porto de Santos, área de atuação da companhia, é um conhecido e antigo espaço de ocupação política de Michel Temer.

Há conversas gravadas entre Rocha Loures, o executivo e delator Ricardo Saud, da JBS, e outro Ricardo, ligado à Rodrimar. Eles discutem propina para negociar o decreto dos portos.

Em outro diálogo interceptado, Rocha Loures conversa com o presidente Temer os termos do decreto.

A equipe de Janot analisa se há elementos para novo inquérito. A PGR ainda não tem certeza se as provas permitem incluir Michel Temer no pedido de investigação. Loures e os lobistas, no entanto, certamente serão alvos da Procuradoria.

As informações são da colunista Jovem Pan Vera Magalhães: