0:00
0:00

Sucessão paulista: Doria é nome de consenso para que DEM apoie PSDB

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2017 08h49
Cacalos Garrastazu/Fotos públicasCacalos Garrastazu“Deixar o mandato recém-iniciado para disputar o governo [de SP] não está muito no horizonte dele, mas já se fala em campanha para Doria governador”, diz Vera

Grandes nomes do DEM reagiram à versão de que o jantar entre Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, e Rodrigo Maia, presidente da Câmara, tenha selado um eventual apoio ao tucano em 2018. O partido pretende deixar o assunto para o ano que vem e valorizar ao máximo nomes como ACM Neto e o senador Ronaldo Caiado, para apoio dos tucanos em praças importantes.

Entretanto, para Alckmin ser o nome do PSDB para a eleição presidencial no ano que vem, ele deverá passar por uma eventual disputa interna dentro de seu partido. Já o DEM resolveu medir forças com o projeto estadual do vice de Alckmin, Márcio França, e ameaça lança-lo como candidato à sucessão.

Para os democratas, o único nome de consenso para que o partido apoie o PSDB seria o do atual prefeito de São Paulo, João Doria. Mas é improvável que o prefeito deixe o cargo para disputar o Palácio dos Bandeirantes. “Deixar o mandato recém-iniciado para disputar o governo [de SP] não está muito no horizonte dele, mas já se fala em campanha para Doria governador”, diz Vera Magalhães.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: