0:00
0:00

Assista ao vivo

Ex-pacientes de câncer podem ter efeitos colaterais do tratamento

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2017 07h55

Reprodução

A neuropatia periférica é um dos problemas que podem surgir por causa da quimioterapia

Ex-pacientes de câncer podem ter alguns efeitos colaterais do tratamento após o seu término. Por isso, é importante o acompanhamento médico após o tratamento.

A neuropatia periférica é um dos problemas que podem surgir por causa da quimioterapia. Ela causa sintomas como dormência, formigamento e dor aguda nos braços e pernas. Durante o tratamento com quimioterapia, o paciente tem que informar o médico se esses sintomas aparecerem. Dessa forma, o médico poderá adotar a melhor estratégia para diminuir o risco de danos permanentes no nervo e consequências no pós-tratamento.

A fadiga, que nós já falamos aqui que é comum durante o tratamento, também pode permanecer após o término dele e deve ser avaliada pelo médico para que ele investigue as causas desse sintoma e indique a melhor forma de combate-la.

Já comentei aqui que a ansiedade e até a depressão também podem surgir no pós-tratamento. O acompanhamento psicológico vai ajudar a combater isso.

Somos o Instituto Vencer o Câncer. Estamos juntos com você nessa luta. Acesse o nosso site: vencerocancer.org.br