0:00
0:00

A inacreditável absolvição de João Vaccari Neto

  • Por Carlos Andreazza/Jovem Pan
  • 28/06/2017 08h28
Banco de Imagens / PolíticaBanco de Imagens / PolíticaJoão Vaccari Neto
BRASÍLIA, DF, 09.04.2015: CPI-PETROBRAS - CPI da Petrobras ouve o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). (Foto: Beto Barata/Folhapress)

Hoje eu falarei sobre a inacreditável absolvição – em segunda instância – de João Vaccari Neto, um dos notórios ex-tesoureiros do PT.

Vaccari já fora condenado cinco vezes por Sergio Moro, mas essa foi a primeira em que uma decisão do juiz sobre o antigo homem da grana petista chegou à segunda instância. No processo em questão, relativo à lavagem de dinheiro, Vaccari havia sido sentenciado a 15 anos de prisão. E foi essa a decisão reformada ontem Pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região, que, repito, simplesmente absolveu Vaccari.

Sim, ele mesmo, Vaccari, presente – com força – em todas as delações relativas a Lula.

Esse, aliás, é o tribunal que julgará Lula, em segunda instância, nos processos que correm em Curitiba. E, caso condenado por Moro, da confirmação dessa eventual pena, em segunda instância, dependerá a candidatura do ex-presidente em 2018.

De modo que pergunto ao ouvinte: acendeu o sinal vermelho, ou já estamos sob o vermelho?