CPMI da J&F convida Janot e convoca irmãos Batista: ex-procurador-geral da República irá depor?

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2017 19h31

Reprodução

Irmãos Wesley e Joesley Batista aparecem lado a lado posando para foto institucionalAqueles que foram convocados, são obrigados a comparecer na comissão, embora possam permanecer em silêncio

Nesta quinta-feira (21), a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que investiga a J&F aprovou a convocação de mais de 15 pessoas para esclarecimentos sobre as irregularidades cometidas pela empresa. Entre eles estão os irmãos Joesley e Wesley Batista, o ex-diretor Ricardo Saud e o advogado da empresa Francisco de Assis e Silva. A CPMI também chamou o procurador Ângelo Goulart Villela, que chegou a ser preso por suspeita de ter vazado informações do Ministério Público Federal para a J&F.

Aqueles que foram convocados, são obrigados a comparecer na comissão, embora possam permanecer em silêncio. Os que foram convidados, como o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, podem recusar o pedido.

No 3 em 1, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que discutiram os requerimentos feitos pelos parlamentares que compõem a CPMI.

Vera afirmou que a comissão ainda não mostrou se terá alguma efetividade. Para ela, a CPMI está sendo usada para constranger delatores e o Ministério Público Federal.

Andreazza disse que nada de concreto sairá da CPMI, já que é preciso se desconfiar do que os investigados falarão.

Confira o debate completo no 3 em 1:

  • Tags: