0:00
0:00

Governo Temer troca diretor-geral da PF: A Lava Jato está sob ameaça?

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2017 20h58
A saída de Daiello vinha sendo negociada desde quando Alexandre de Moraes ainda era titular da pasta. Daiello se dizia cansado, sob pressão da família e com a sensação de que já fez tudo o que tinha de fazer à frente do cargo
O delegado Fernando Segóvia é o novo diretor-geral da Polícia Federal, substituindo Leandro Daiello. A troca foi oficializada em nota emitida pelo Ministério da Justiça.
A saída de Daiello vinha sendo negociada desde quando Alexandre de Moraes ainda era titular da pasta. Daiello se dizia cansado, sob pressão da família e com a sensação de que já fez tudo o que tinha de fazer à frente do cargo. Ele estava à frente da PF desde 2011, primeiro ano do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.
No 3 em 1 desta terça-feira, 7, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que discutiram sobre o assunto.
Para Vera, essa obstinação do presidente Michel Temer em trocar o comando da PF indica um projeto de governo do peemedebista. Madureira, por sua vez, afirmou que a mudança tem como objetivo atrapalhar as investigações da Lava Jato. Andreazza discordou. Segundo ele, a substituição de Daiello era importante, pois ele estava há muito tempo no cargo.