0:00
0:00

PF encontra caixas e malas de dinheiro em “bunker” ligado a Geddel: quem é o dono? 

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2017 20h33
Marcelo Camargo/Agência BrasilNo 3 em 1, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que discutiram sobre os negócios de Geddel, que cumpre prisão domiciliar na Bahia

Nesta terça-feira, 5, a Polícia Federal deflagrou a operação Tesouro Perdido, que é desdobramento da Cui Bono, que investiga fraudes na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal. Em uma das ações de busca e apreensão, foram encontradas malas e caixas com uma grande quantidade de dinheiro. O montante foi localizado em um apartamento que estaria sendo utilizado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, em Salvador.

No 3 em 1, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que discutiram sobre os negócios de Geddel, que cumpre prisão domiciliar na Bahia.

Madureira destacou que o apartamento onde o dinheiro foi encontrado teria sido emprestado pelo amigo de Geddel, Silvio Silveira, para que o ex-ministro guardasse pertences do pai, Afrísio Vieira Lima, que faleceu no ano passado.

Vera lembrou dos R$ 10,2 milhões encontrados com o ex-deputado e bispo da Igreja Universal João Batista Ramos, do antigo PFL, em 2009.

Andreazza ironizou a situação e ressaltou que o apartamento não era um “bunker”, mas um banco.

Confira o debate completo no 3 em 1, com participação especial do repórter Vitor Brown: