0:00
0:00

Reforma trabalhista entra em vigor amanhã: O que esperar das mudanças?

  • Por Jovem Pan
  • 10/11/2017 20h30

Marcos Santos/USP Imagens

Antes das medidas entrarem em vigor, o governo fará alguns ajustes

As principais centrais sindicais do país promoveram hoje protestos contra as reformas da Previdência e trabalhista.

Tentaram promover, pelo menos. Os atos foram esvaziados. Em São Paulo, no maior deles, duas mil pessoas se reuniram na Praça da Sé, no centro da cidade, no final da manhã.

As centrais pedem a revogação de alguns pontos do texto da reforma trabalhista. Sindicalistas alegam que a nova lei, que entra em vigor amanhã, tem uma série de artigos que “tiram direitos e precarizam a relação entre capital e trabalho”.

O governo fará alguns ‘ajustes’ antes dela entrar em vigor.

No 3 em 1 desta sexta-feira, 10, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que discutiram sobre o assunto. Nossa especialista em economia, Denise Campos de Toledo, também participou da conversa.

Vera defendeu as mudanças, desde que elas sejam bem explicadas e bem embasadas. Andreazza chamou a reforma de uma das maiores conquistas da sociedade. Já Madureira criticou o imposto sindical, que foi extinto pelo novo texto.