TRF-4 nega recurso e mantém condenação de Lula na segunda instância

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2018 19h32
EFEEx-presidente Lula está inelegível após condenação em segunda instância, segundo a Lei da Ficha Limpa

A Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da Quarta Região rejeitou, por unanimidade, os embargos declaratórios do ex-presidente Lula.

Os desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus fizeram isso de maneira rápida: a sessão não durou nem meia hora.

A decisão abriu caminho para o cumprimento da prisão do petista e tornou Lula inelegível, segundo a Lei da Ficha Limpa.

Vale destacar que o ex-presidente não pode ser preso ainda graças a uma liminar obtida no Supremo Tribunal Federal, na semana passada.

Ele ficará solto pelo menos até o dia 4 de abril, quando a Corte deve julgar o habeas corpus apresentado pelos advogados de Lula.

No 3 em 1 desta segunda-feira, 26, Patrick Santos mediou um debate sobre o assunto entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira.

Madureira se perguntou o que acontecerá com o país se Lula ficar solto… Andreazza disse que o STF não poderá discutir a questão da prisão em segunda instância durante o julgamento do habeas corpus do ex-presidente. E Vera afirmou que Lula está perdendo a cabeça, prova disso é seu comportamento na caravana.