0:00
0:00

Últimas flechadas: Rodrigo Janot denuncia cúpula do PMDB

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2017 20h34
Lula Marques/AGPTNo 3 em 1, Patrick Santos mediou debate entre Marcelo Madureira e Carlos Andreazza, que discutiram sobre os novos alvos de Janot antes de deixar a chefia da Procuradoria-Geral da República, em 17 de setembro
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou nesta sexta-feira, 25, os senadores Renan Calheiros, Romero Jucá, Garibaldi Alves, Valdir Raupp e o ex-presidente José Sarney, todos do PMDB.
O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, o executivo da Odebrecht, Fernando Reis, e os empresários Luiz Fernando e Nelson Maramaldo também foram denunciados.
Todos eles teriam recebido dinheiro desviado de contratos da Transpetro, subsidiária da Petrobras. A denúncia deverá ser analisada pela 2ª Turma do STF.
No 3 em 1, Patrick Santos mediou debate entre Marcelo Madureira e Carlos Andreazza, que discutiram sobre os novos alvos de Janot antes de deixar a chefia da Procuradoria-Geral da República, em 17 de setembro.
Andreazza afirmou que Rodrigo Janot tem mostrado que ainda tem “bambu” para desenvolver flechas. Ele também destacou que o denunciado Renan Calheiros estava tentando sumir da mídia mas voltou graças ao ex-presidente Lula e ao procurador-geral.
Madureira disse que Renan Calheiros é freguês antigo do Judiciário, mas tem a capacidade de não ser julgado. Para ele, os últimos dias de Janot na chefia da PGR serão eletrizantes.
Confira o debate completo no 3 em 1: