0:00
0:00

Universidade em SP tem banheiro unissex: a iniciativa é válida?

  • Por Jovem Pan
  • 30/08/2017 20h33
ReproduçãoA PUC de São Paulo, porém, não cogita fechar os banheiros exclusivos para homens e mulheres

Em agosto, a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo inaugurou um banheiro unissex dentro do campus em Perdizes, na zona Oeste da capital paulista. A iniciativa gerou polêmica e levantou discussões sobre a privacidade e a questão da diversidade de gênero.

Entre as críticas, são apontados problemas envolvendo a transmissão de doenças, o desrespeito à igreja e até mesmo o risco de violência. A PUC de São Paulo, porém, não cogita fechar os banheiros exclusivos para homens e mulheres.

No 3 em 1 desta quarta-feira, 30, Patrick Santos mediou debate entre Vera Magalhães, Carlos Andreazza e Marcelo Madureira, que divergiram sobre a necessidade de banheiros unissex.

Andreazza defendeu o direito da individualidade no ambiente privado e destacou que espaços públicos pressupõem outros valores. Para ele, esse tipo de decisão é autoritária.

Vera ressaltou que a medida não é autoritária, já que os banheiros exclusivos foram mantidos na PUC. Para ela, a decisão não fere a igreja.

Madureira afirmou que as universidades brasileiras deveriam estar preocupadas com a qualidade de ensino e a produção acadêmica. Para ele, banheiro não é lugar de empunhar bandeiras.

Confira o debate completo no 3 em 1: