O preço do feijão deve subir em até 30% nos próximos dias, por causa da alta incidência de chuvas no sul do país. Os produtores estimam que o volume danificado varie entre 80 mil e 100 mil toneladas. Os temporais das últimas semanas provocaram grandes estragos nas lavouras do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, estados responsáveis pela maior parte do feijão cultivado no Brasil. O programa A Hora do Agronegócio deste domingo (18) sugeriu substituições, que você confere no áudio acima.  

Na edição deste domingo, você também entende o que significa a ameaça da União Europeia de suspender as importações de carne brasileira. O bloco já anunciou que deixará de comprar carne de cavalo, e sinalizou que as sanções podem ser ampliadas se o país não driblar a situação. O Ministério da Agricultura e Pecuária recebeu com surpresa o comunicado. De acordo com o secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki, a União Europeia "não reconhece uma série de medidas que estão sendo implementadas pelo Ministério".