0:00
0:00

Confira a edição completa de “Os Pingos nos Is” desta quarta-feira (17/05/2017)

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2017 14h32

Reinaldo Azevedo, Victor LaRegina e Vitor Brown comentaram os principais assuntos desta quarta-feira (17) em “Os Pingos nos Is”.

Em seu editorial de abertura, Reinaldo Azevedo falou que o prefeito de São Paulo João Doria é pré-candidato à Presidência em 2018. Saiba mais no editorial completo.

MARINA – Em meio a discussão sobre ser gestor ou ser político, a ex-senadora Marina Silva afirmou, em entrevista à Folha, que “esta politica de negar a politica, para mim, é a pior política. E mesmo o que se diz apolítico faz a política de se dizer apolítico”. Marina negou que tenha se colocado como uma candidata contra a política na última eleição. Segundo ela, o que fez foi se apresentar como uma candidata contra a política tradicional, uma espécie de terceira via, uma alternativa à polarização entre PT e PSDB.

SANTANA X CARDOZO – Em nota, o marqueteiro João Santana afirmou que o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo mente de forma ‘deslavadano’ intuito de defender a ex-presidente Dilma. O texto é uma reação à entrevista concedida por Cardozo ao jornal O Globo. Nela, o petista afirma que Dilma não sabia da existência de caixa dois na campanha, contradizendo a versão de Santana. Para o ex-ministro, a delação do marqueteiro é inverossímil.

INSTITUTO LULA – O desembargador federal Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, decidiu ontem revogar a suspensão das atividades do Instituto Lula. Para o desembargador, a decisão do último dia 5 de um juiz da 10ª Vara Federal de Brasília foge da legalidade e da razoabilidade. Segundo Guedes, o instituto possui personalidade jurídica própria e não poderia ser atingido por uma decisão em ação cujos alvos são pessoas físicas.