0:00
0:00

Drogas matam meio milhão de pessoas por ano

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2017 13h45
Tânia Rêgo/Agência BrasilTânia Rêgo/Agência Brasilmaconha

A OMS alerta: as drogas causam cerca de meio milhão de mortes todos os anos e a situação vem piorando em alguns aspectos.

Durante a Comissão de Narcóticos da ONU em Viena, a diretora-geral da Organização Mundial da Saúde, Margaret Chan, ressaltou que o número só representa uma pequena parte do dano causado pelo problema mundial das drogas.

O dado, inclusive, contrasta com a estimativa fornecida pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o crime, que no ano passado estimou que as mortes devido ao consumo de drogas eram de pouco mais de duzentas mil.

Ainda de acordo com dra. Chan, muitos países estão experimentando uma crise de emergência sanitária devido às mortes por overdose.

No Brasil, a entrada de drogas mais pesadas no país aumentam o risco de morte, admite especialista em toxicologia analítica do Centro de Controle de Intoxicações da Unicamp.

Segundo Rafael Lanaro, a cocaína pode ser letal pelo grau de pureza e pelo uso contínuo, já que o corpo se habitua com os efeitos e pede doses maiores.

Já as drogas sintéticas são um tiro no escuro. Ouça a fala do especialista AQUI.

Um recente estudo indicava que, nos Estados Unidos, quase duplicaram as mortes por overdose entre 2013 e 2014, quando o país registrou mais de 47 mil mortes por essa causa.

A diretora da OMS pediu perante os 53 países da Comissão de Narcóticos que o consumo de drogas seja abordado como um problema de saúde pública e não apenas como uma questão criminal. Entre eles estavam Irã e China, países com castigos severos para o consumo de drogas que podem chegar à pena de morte.