0:00
0:00

Apalavrado com Palmeiras, Lucas Lima recebe nova proposta da China

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2017 14h46
Estadão Conteúdo/Futura Press/Rodrigo Gazzanellucas lima, santosO meia Lucas Lima, do Santos, tem um acordo verbal com o Palmeiras, mas recebeu uma proposta tentadora do Guangzhou Evergrande

Lucas Lima, mais uma vez, entrou na mira do futebol chinês. De acordo com informações do repórter Fredy Junior, da Rádio Jovem Pan, o meia de 27 anos, que foi alvo do Hebei Fortune em janeiro e tem contrato com o Santos até o fim do ano, recebeu uma proposta tentadora do Guangzhou Evergrande, time que é comandado por Luiz Felipe Scolari. A tendência, no entanto, é de que a oferta não seja aceita pelo jogador, que ainda acredita na possibilidade de disputar a Copa do Mundo de 2018.

“O sonho do Lucas Lima é jogar na Europa a partir de janeiro, mas agora chegou uma proposta do time do Felipão na China. Uma ótima proposta, por sinal. Ele ainda não quer jogar no futebol chinês, mas a proposta é muito boa”, informou Fredy, durante o Esporte em Discussão desta quarta-feira.

Ainda segundo o repórter, se Lucas Lima não for para a Europa em janeiro, o maior candidato a contar com o futebol do jogador em 2018 é o Palmeiras. De acordo com Fredy Junior, o clube alviverde fez uma oferta superior à do Santos e já tem um acordo verbal com o meio-campista.

“O Lucas Lima está apalavrado com o Palmeiras… Não tem pré-contrato assinado, mas está apalavrado com o Palmeiras! A proposta salarial é igual à do Santos, de R$ 600 mil, mas as luvas oferecidas pelo Palmeiras são maiores… Chegam a R$ 10 milhões”, informou.

“O Palmeiras foi avisado de que a prioridade do Lucas é a Europa. Mas, se ele não for para a Europa, joga no Brasil e joga no Palmeiras, porque ele quer disputar a Copa do Mundo. Ele acha que na China perderia espaço. O Palmeiras está só de olho, aguardando… É uma definição que cabe ao Lucas Lima. Se ele ficar no Brasil, joga no Palmeiras, e não no Santos”, decretou.

Lucas Lima tem contrato com o Santos até o fim do ano e, por isso, já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube. Ele chegou a finalizar um acordo para reforçar o Barcelona a partir de janeiro, mas a transferência emperrou por motivos burocráticos – a informação vazou antes de 1º de julho, o que poderia render sanções ao clube espanhol por fechar com um jogador antes do prazo definido para a formalização de pré-contratos. Desde então, o meia não informou se vai renovar ou não com o Santos e segue com o futuro indefinido.