0:00
0:00

Investigações do FBI podem revelar mistério sobre o fim do Clube dos 13: “vai ser um terremoto”

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2017 14h54
Beto Barata / Estadão ConteúdoVerdadeiros motivos sobre o fim do Clube dos 13, que era presidido por Fábio Koff, podem ser revelados pelo FBI, que investiga a CBF, Ricardo Teixeira e outros cartolas do mundo da bola

O Clube dos 13 acabou em 2011. Seu fim foi tão conturbado quanto a sua criação, na segunda metade da década de 80. O motivo que levou ao fechamento da entidade foi tão escuso quanto as suas ações ao longo de quase 30 anos. Mas, de acordo com informações de Wanderley Nogueira, a “Implosão do Clube dos 13” está próxima de voltar à tona.

Segundo o jornalista da Jovem Pan, o fim do Clube dos 13 pode ser explicado na investigação que vem sendo realizada pelo FBI contra dirigentes do mundo da bola, dentre eles Marco Polo del Nero e Ricardo Teixeira, presidente e ex-presidente da CBF. “Se prosperar a investigação do FBI vai ser contada a verdadeira história da implosão do Clube dos 13”, disse durante o Esporte em Discussão.

Neste domingo (27), Wanderley Nogueira revelou com exclusividade em seu blog detalhes do trabalho que vem sendo feito pelas autoridades norte-americanas. De acordo com o jornalista, um cartola identificado como “Galo de Ouro” recebia propinas de diversas empresas ligadas ao futebol e distribuía os valores com outros dirigentes esportivos.

“O ‘Galo de Ouro’ recebia grandes importâncias, ficava com a parte dele e distribuía com outros cartolas. Outros nomes e apelidos devem ser revelados hoje (segunda-feira) e amanhã (terça-feira). Se as investigações continuarem, nós vamos saber de muitas coisas. Não vai ser brincadeira. É uma história de 20 anos. Vai ser um terremoto”, completou Wanderley.