0:00
0:00

Modesto diz que Elano só não será efetivado por necessidade de formação

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2017 14h32
Ivan Storti/Santos/Divulgaçãoelano, santosAuxiliar do Santos, o ex-volante Elano vai aproveitar 2018 para concluir a sua formação como treinador

Um regulamento estabelecido pela CBF em maio e que entrará em vigor a partir de 2019 foi o motivo de o Santos ter descartado a possibilidade de efetivar Elano em 2018. A revelação foi feita pelo presidente alvinegro, Modesto Roma Júnior, em participação exclusiva no Esporte em Discussão desta terça-feira, na Rádio Jovem Pan.

De acordo com o mandatário, como a partir de 2019 só poderão trabalhar na Série A técnicos com algum tipo de especialização na área, o Santos optou por não efetivar Elano por agora. A ideia é que ele use o ano de 2018 para aprender. O ex-volante vai fazer estágios, tirar a Licença A da CBF e, se tudo ocorrer dentro do planejado, estará apto para assumir o time já em 2019, como se imagina.

“O Elano vai dedicar 2018 para a formação dele. Isso já estava planejado e definido por todos, inclusive por ele. É só por isso que ele não vai ter continuidade”, garantiu Modesto. “Ele precisa fazer essa formação, até para atender às exigências de 2019”, acrescentou.

A permanência de Elano como interino até o fim da temporada, no entanto, está confirmada. A tendência, por sinal, é de que o Santos só anuncie o nome do seu novo treinador após o Campeonato Brasileiro. As eleições presidenciais, marcadas para dezembro, e a reta final da competição nacional, que tem 20 clubes envolvidos em algum tipo de disputa, dificultam qualquer negociação no momento.

“Quanto ao novo técnico, estamos estudando alguns nomes. Temos até o início do ano que vem para definir isso, mas sempre respeitando os técnicos que estão trabalhando e focados nessa reta final de campeonato. Por isso, vamos nos planejar com calma”, argumentou.

O Santos está sem técnico desde sábado, dia em que perdeu para o São Paulo por 2 a 1, no PacaembuLevir Culpi foi demitido e deixou o time alvinegro na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, a seis pontos do líder, Corinthians. Restam sete rodadas para o fim da competição.