0:00
0:00

Artistas e ambientalistas fazem ato no Congresso em defesa da Amazônia

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2017 06h42
Estadão Conteúdo/Dida SampaioDentre os artistas que compareceram ao Congresso, estão Alessandra Negrini, Cristiane Torloni, Suzana Vieira, Arlete Sales e Victor Fazano

Artistas e políticos do movimento “342 Amazônia”, entregaram ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mais de 1,5 milhão de assinaturas de pessoas indignadas com o conjunto de medidas propostas pelo Governo e pelo Congresso Nacional contra a região amazônica.

Dentre os artistas que compareceram ao Congresso, estão Alessandra Negrini, Cristiane Torloni, Suzana Vieira, Arlete Sales e Victor Fazano.

Para Rodrigo Maia, não há uma agenda antipreservação no Congresso: “tem pontos de vistas diferentes de como se preserva a floresta amazônica, mas não tem ninguém aqui que quer sair desmatando a floresta amazônica”.

O grupo também foi recebido pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira. Na última semana, o Ministério de Minas e Energia suspendeu a tentativa de liberar a exploração de minérios na Reserva Nacional do Cobre e Associados, até que seja feita uma ampla discussão com a sociedade. Os artistas pedem ainda que o Governo revogue, de forma definitiva, o decreto.

Após reunião com o presidente do Senado, a atriz Alessandra Negrini informou que Eunício Oliveira prometeu dar celeridade na tramitação da matéria: “parece que ele foi bastante assertivo. Ele se comprometeu a colocar a votação em regime de urgência. Houve comprometimento, vamos cobrar”.

*Informações do repórter Arthur Scotti