0:00
0:00

Ex-comandante da FAB diz à Justiça que Lula não influenciou compra de caças suecos

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2017 06h56
DivulgaçãoDIVULGAÇÃOOs caças Sueco foram adquiridos por Dilma Rousseff no período em que Juniti Saito comandava a Aeronáutica

O ex-comandante da FAB, Juniti Saito, afirmou à Justiça que o ex-presidente Lula não influenciou na compra dos aviões caças Gripen em 2013 e 2014. Saito prestou depoimento na 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília no dia 1º de agosto.

Os caças Sueco foram adquiridos por Dilma Rousseff no período em que Juniti Saito comandava a Aeronáutica.

O Ministério Público Federal acusa o ex-presidente Lula e o filho, Luís Cláudio Lula da Silva, de terem participado de um esquema para beneficiar empresas no Governo Dilma. Eles são acusados de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa na compra dos caças.

O Brigadeiro Juniti Saito, ex-comandante da FAB, afirmou que a decisão de comprar os caças suecos Gripen NG foi do comando da Aeronáutica: “decisão técnica do comando da Aeronáutica por oferecer melhores condições de tecnologia, preços, custeio da manutenção ao longo de 30 anos”.

Saito também disse que o ex-presidente Lula não tinha relação com a indústria que fabrica os aviões. O ex-comandante da Força Aérea Brasileira ainda disse que a decisão sobre a compra das aeronaves foi da ex-presidente Dilma Rousseff.

Esta denúncia contra o ex-presidente Lula está relacionada à Operação Zelotes.

*Informações do repórter Bruno Escudero