“Hoje, não há nenhum risco de febre amarela na cidade de São Paulo”, diz secretário da Saúde

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2018 09h18

Agência Brasil

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o secretário da Saúde, Wilson Pollara, disse que, apesar da grande procura por vacinas, a cidade de São Paulo “não é região de risco da doença”

A Prefeitura de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (12) um balanço sobre a vacinação contra febre amarela na cidade. Até agora, 1,2 milhão de pessoas foram vacinadas na zona norte, 271 mil na zona sul e 20 mil na zona oeste.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o secretário da Saúde, Wilson Pollara, disse que, apesar da grande procura por vacinas, a cidade de São Paulo “não é região de risco da doença”. “Não temos necessidade de vacinar todas as pessoas imediatamente. Temos programação ao longo dos meses para que, com calma, vacinemos a população inteira. Não há nenhum risco da doença em São Paulo hoje”, garantiu.

Pollara afirmou ainda que a alta nas procuras em UBSs deve-se ainda a vinda de pessoas de outros municípios que querem vacinar-se, e isso causa um problema sério, “porque a distribuição da vacina é feita de acordo com a população do local”.

O secretário destacou ainda que cada equipe atende 20 doentes por hora e ficam cerca de dez horas na unidade de saúde: “tenho 200 vacinas por equipe”.

Confira a entrevista completa com o secretário da Saúde, Wilson Pollara: