Jovem é preso por envolvimento em morte de PM e adolescente em motel em SP

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2018 07h24
Reprodução/Google MapsUm policial militar e uma adolescente de 15 anos foram encontrados mortos em um motel na zona leste de São Paulo, na madrugada do último sábado (14)

Um policial militar e uma adolescente de 15 anos foram encontrados mortos em um motel na zona leste de São Paulo, na madrugada do último sábado (14).

O PM Rodrigo Santos Mathias, de 21 anos, estava com o amigo, o caixa Vinicius da Silva Oliveira, de 19 anos, e duas adolescentes, ambas de 15 anos, no motel Drive-in Vintage, na rua Joaquim Marra, na Vila Matilde.

Os dois haviam conhecido as garotas em uma casa noturna e foram ao motel no carro do policial, que estava de folga, segundo informações do Boletim de Ocorrência.

Por causa da idade, as menores teriam entrado escondidas no banco de trás do veículo. Os dois casais dividiram o mesmo quarto.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, são duas versões diferentes para as mortes. A amiga da garota contou aos policiais que o caixa Vinicius da Silva Oliveira matou a adolescente acidentalmente, ao manusear a pistola ponto 40 do PM.

O tiro atingiu a cabeça da jovem, e o PM, dono da arma, desesperado, se matou em seguida.

O suspeito Vinícius da Silva Oliveira, no entanto, negou ter efetuado o disparo e contou outra versão. O caixa disse que era o amigo quem brincava com a arma, quando ela disparou acidentalmente e atingiu a adolescente. O PM Rodrigo Santos Mathias teria se matado depois.

Funcionários do motel ouviram os disparos e chamaram a polícia.

Os policiais prenderam Vinícius Oliveira em flagrante pela morte da adolescente e apreenderam a arma do crime, que será periciada.

O caso foi registrado no 10º Distrito Policial, na Penha, como homicídio e suicídio. Em audiência de custódia realizada neste domingo, a Justiça determinou a prisão preventiva do suspeito.

*Informações do a repórter Ana Flávia Oliveira