Kassab garante “apoio incondicional” a eventual candidatura de Serra em SP

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2017 10h18
Paulo Liebert/Estadão Conteúdo“Posso dizer que o Serra saindo candidato, teria apoio. Jamais o PSD faria condição para apoiar Serra", disse o ministro Gilberto Kassab

Com a eleição do ano que vem se aproximando, muito se especula sobre quem seria o candidato ao governo de São Paulo na sucessão de Geraldo Alckmin (PSDB), que deve ser o nome tucano na disputa pela Presidência da República.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que seu partido, o PSD, deseja ter uma participação no campo majoritário no Estado de São Paulo, mesmo que em outro candidato.

Questionado se comporia uma chapa com o ex-ministro José Serra (PSDB), Kassab destacou que a possibilidade existe: “posso dizer que o Serra saindo candidato, teria apoio. Jamais o PSD faria condição para apoiar Serra. Considero ele um dos melhores administradores do País, extraordinário ministro, prefeito, parlamentar, saberá desde o primeiro dia o que precisa ser feito. Seria uma honra se ele fizesse esse convite ao PSD, a mim. O apoio ao Serra seria incondicional”.

Para o ministro Kassab, Serra leva vantagem em relação a outsiders e candidatos novos na política, como é o caso do atual prefeito João Doria, que pode ser lançado como nome do PSDB para disputar o Palácio dos Bandeirantes.

“Brasil precisa de experiência. Serra candidato é segurança de que o Estado continuará no rumo certo. O novo sempre vem com força quando você não tem opções ou quando as coisas não vão bem. O Estado de SP é diferenciado no Brasil. Estado está em um momento que não podemos dizer que é ruim. Faça uma avaliação e compare com 20 anos atrás. Mas Serra leva vantagem em relação ao novo, que normalmente vem sem experiência. Trazer o novo sem experiência em momento que as coisas vão bem não tem sentido”, disse.

Confira a entrevista completa com o ministro Gilberto Kassab: