Candidato declarado para a corrida à presidência da Câmara, o deputado Jovair Arantes (PTB) criticou o atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM).

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o petebista afirmou que o que Maia vende é “lote na Lua”. Segundo ele, o presidente da Câmara “materializa informações como se fossem verdadeiras” e tenta causar “confusão na cabeça da imprensa”.

“Estou na Casa há 22 anos, tenho seis mandatos de deputados e desde a redemocratização este é o pior momento da Câmara em todos os tempos. A Câmara está agachada diante da sociedade. A Câmara não se faz respeitar”, avaliou o deputado.

Entre suas propostas, caso seja eleito, está a mudança do quadro que ele classificou como “negativo”.

Sobre a recondução de Maia à presidência da Câmara, Jovair Arantes lembrou que o questionamento já está judicializado por pedido do Solidariedade e por André Figueiredo. “Tenho repetido que temos 513 deputados. Destes, 512 podem disputar. O presidente da Casa não pode expor a Câmara desta forma”, disse.

Disputando o cargo com Maia e Jovair Arantes também está o líder do PSD, Rogério Rosso. O petebista, no entanto, disse que, caso ele ou Rosso sigam para segundo turno, haverá apoio mútuo, mas que as candidaturas são avulsas.

“Existem dois turnos. Se ele passar, eu o apoio. E ele me apoiaria também. Não tem dissociamento de objetivo”, disse Jovair Arantes sobre Rosso.

Confira a entrevista completa: