Petrobras comemora desempenho positivo em 2016 com recorde na produção de petróleo, influenciada principalmente pelo pré-sal. A empresa atingiu a média de 2.144.256 barris por dia, um aumento de 0,75% em relação ao ano anterior.

Segundo comunicado divulgado pela estatal, a produção ficou dentro da meta estipulada para o período.

O aumento ocorreu devido ao crescimento da operação no pré-sal, com a marca de pouco mais de um milhão de barris de óleo por dia.

Este patamar representa um aumento de 33% na comparação com o ano de 2015.

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, diz que a empresa está no caminho certo e que a recuperação deve ser consolidada em 2017. “Nós fazemos um balanço de 2016 positivo. Vemos que a empresa tem hoje um plano estratégico que é reconhecido como sólido pelo mercado. Plano claro que traça direcionamentos importantes”, disse.

Em dezembro, a produção de petróleo e gás natural foi de mais de 2,8 milhões de barris de óleo equivalente, novo recorde mensal da empresa.

A estatal informou que possui 42 bilhões de dólares em ativos que podem ser vendidos e que espera que metade desse montante seja negociado até o ano que vem.

*Informações do repórter Anderson Costa