0:00
0:00

Preso integrante de quadrilha especializada em “saidinhas de banco” que agia no centro de SP

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2017 06h06
ReproduçãoSilva foi conduzido ao 2º Distrito Policial do Bom Retiro, na Rua Jaraguá, 383, e indiciado

Polícia Civil prende integrante de quadrilha especializada em “saidinhas de banco” que agia na região central de São Paulo. Carlos Henrique da Silva, de 22 anos, foi detido nesta quarta-feira (13) pela equipe de investigadores do Segundo Distrito Policial, do Bom Retiro.

Ele é apontado como membro de uma quadrilha, formada por mais cinco integrantes, responsável por assaltos que lesaram comerciantes da região em pelo menos R$ 1 milhão.

O bando atua na modalidade “saidinha de banco” e age principalmente nas imediações da agência do Santander da Rua Júlio Conceição, 456. Em apenas um dos ataques, os bandidos roubaram R$ 500 mil da vítima.

Outros dois roubos renderam ao grupo as quantias de R$ 150 mil e R$ 80 mil.

Pelos valores, os investigadores acreditam que a quadrilha tinha informações privilegiadas de funcionários da própria agência. Alguns dos ataques foram gravados por câmeras de segurança.

Com Silva foram apreendidos dois carregadores de pistola, cartões de débito clonados, uma máquina de débito e envelopes, e equipamentos conhecidos como “chupa-cabra”, utilizados em clonagens de cartões, que estavam em um Chevrolet Celta prata, carro usado nas ações e que dispunha de um compartimento secreto feito, estrategicamente sob o banco, para esconder a arma e o dinheiro roubado dos comerciantes, caso fosse parado em uma blitz por policiais militares.

Na residência do bandido os investigadores encontraram relógios de luxo, perfumes caros, capacetes, mochilas, munição de pistola calibre 380 e 9 milímetros, carregadores, além de roupas usadas nos assaltos.

Silva foi conduzido ao 2º Distrito Policial do Bom Retiro, na Rua Jaraguá, 383, e indiciado. Os agentes prosseguem com as investigações para tentar chegar aos demais integrantes da quadrilha.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore