0:00
0:00

Temer chama PSDB ao Palácio e pede que ministros continuem nos cargos

  • Por Jovem Pan
  • 19/05/2017 06h09
Brasília - Presidente Michel Temer durante reunião do CDES - Conselho de Desenvolvimento Econômico Social. ( Beto Barata/PR)Beto Barata/PRPresidente Michel Temer durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social

O “Fico” do presidente Michel Temer desafia até líderes governistas que sugeriram a sua renúncia. O PPS, PSDB, PSB e parte do DEM foram claros de que o presidente perdeu mesmo as condições mínimas de continuar no cargo.

PSDB foi chamado ao Palácio e o presidente Michel Temer pediu os ministros para que eles continuassem nos cargos. Os tucanos se reuniram e querem ver vídeos, fotos e áudios gravados pela Polícia Federal e, a partir daí, tomar uma decisão oficial.

Primeiro o PSDB trocou o presidente. O senador afastado Aécio Neves se licenciou e o novo presidente do PSDB é o senador Tasso Jereissati, do Ceará, que a partir de agora vai envolver as negociações do partido.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sugeriu afastamento de Aécio para que ele se defenda.

Os partidos de oposição não vacilaram, e protocolaram oito pedidos de impeachment do presidente Michel Temer. Já o Rede e o PSOL pediram a cassação do mandato do senador tucano.

*Informações do repórter José Maria Trindade