Vinte cidades são afetadas por grande volume de chuvas no MA

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2018 06h46
Divulgação/GaiosoOs municípios de São Luís Gonzaga, Rosário, Timbiras, Cantanhede, Nina Rodrigues, Paulino Neves e Araioses atualmente estão em estado de alerta

Após o grande volume de chuvas que caiu durante toda a semana passada, as cidades mais atingidas pelas cheias no Estado do Maranhão tentam se recuperar dos estragos.

Em Tuntum, a chuva quase devastou a cidade durante a maior enchente em 30 anos registrada na região.

Após o transbordamento do rio Itapecuru no município de Codó, equipes da Defesa Civil e do Exército resgataram vítimas das enchentes. O nível do rio já está oito metros acima do normal e muitos moradores da região estão abrigados em um ginásio.

Em Trizidela do Vale, o rio Mearim está 5 metros acima no nível normal e a Defesa Civil montou barracas também em um ginásio de esportes para abrigar 250 famílias.

O transporte pelas ruas de Pedreiras só é possível de canoa: centenas de famílias deixaram as casas e estão alojadas em uma escola.

No trecho BR-135 entre Presidente Dutra e Dom Pedro que foi destruída com a força da enxurrada, metade da pista já foi recuperada, mas o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes ainda não tem previsão de liberar a segunda parte da via.

No total, são 20 cidades maranhenses afetadas pelas chuvas: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Caxias, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, Bacabal, Imperatriz, São João do Sóter, Tuntum, Codó e Formosa da Serra Negra. Os municípios de São Luís Gonzaga, Rosário, Timbiras, Cantanhede, Nina Rodrigues, Paulino Neves e Araioses atualmente estão em estado de alerta decretado pela Defesa Civil do Estado do Maranhão.

*Informações da repórter Neila Carvalho