O que Reinaldo Azevedo, Victor LaRegina e Vitor Brown não comentaram nesta segunda-feira (20), você confere aqui:

DILMA – Nesse mesmo evento com Lula, a ex-presidente Dilma afirmou que "há um segundo golpe, que é impedir que os candidatos populares sejam colocados à disposição do povo. O Lula é um desses candidatos. Vamos deixar o Lula se encontrar com a democracia. É a única maneira de lavar a alma do povo brasileiro. No tapetão, não!".

CÁRMEN - Em palestra na PUC de Minas Gerais, instituição na qual é professora licenciada, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia afirmou que vai se aposentar da Corte no início do ano que vem para voltar a dar aulas. Disse ela: "Estou com saudades dos meus meninos", em referência aos alunos.

MORO - O juiz Sergio Moro publicou um vídeo em comemoração aos 3 anos anos da Lava Jato e 1 ano da página "Eu Moro com Ele", criada por sua mulher. Em mensagem nas redes sociais, o magistrado agradeceu as "manifestações de carinho" e disse que a investigação tem o apoio da "grande maioria, talvez a totalidade da população". Isso, segundo ele, é muito importante para que realizemos essa "travessia" com confiança.

CRIVELLA - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, foi diagnosticado com um tumor na próstata. Segundo sua assessoria, a doença foi constatada em sua fase inicial e o caso não é grave. A nota acrescenta que "apesar do diagnóstico, Crivella se sente bem e pretende continuar trabalhando enquanto faz o tratamento".

FOCUS - O mercado financeiro melhorou as estimativas para a inflação deste ano. A previsão é de 4,15%. Para 2018, a expectativa do IPCA segue em 4,50%. De acordo com o Boletim Focus, em 2017, a economia do país deve crescer 0,48%. Em 2018, a alta do PIB deve ser de 2,5%.