Anterior

“Conseguimos agradar”, diz ator de filme brasileiro sobre disputa por vaga no Oscar

O filme “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” foi escolhido pelo Ministério da Cultura para concorrer à vaga na categoria de melhor filme estrangeiro no Oscar 2015. O longa foi escolhido entre 18 outros títulos nacionais. Para falar sobre a decisão e o sucesso da história, a Jovem Pan conversou com a produtora Diana Almeida e com o ator Guilherme Lobo, intérprete do protagonista Leonardo.

Na trama, Guilherme interpreta um adolescente cego que tenta lidar com a mãe superprotetora, ao mesmo tempo em que descobre sua sexualidade e vê nascer o amor por outro jovem recém-chegado na cidade. “Sempre quisemos tratar o tema da forma mais natural e universal possível, porque esse sentimento de descoberta do primeiro amor é uma coisa pela qual todo mundo já passou”, explicou Diana.

---related---Os prêmios que o filme mais ganhou até agora foram os de reconhecimento do público. Feliz com o resultado, Guilherme vibrou: “É sinal de que conseguimos agradar.” Além da receptividade do público, o ator se sentiu realizado com um dos maiores desafios que teve que enfrentar como ator. "A maior dificuldade foi tentar contracenar sem usar os olhos e criar um meio de perceber e identificar os sentimentos dos outros atores", disse o jovem.

Confiante, Diana comemorou o sucesso da escolha e afirmou que a principal batalha ainda está por vir: “Agora é a batalha de conseguir a indicação pela academia”.

Nos Estados Unidos, o filme recebeu o nome de “The Way He Looks” e estreia em 7 de novembro, primeiramente em Nova York, Los Angeles e São Francisco. Na semana seguinte, estreia em pelo menos 30 cidades do país. Confira o áudio da entrevista na íntegra.