Em ano de eleição, governantes empurram a herança maldita para frente

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2018 11h08

O Governo não consegue cortar gastos porque não se empenha e atinge o limite fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Em 2017, as despesas atingiram 41% da despesa corrente com pagamento de salários e benefícios previdenciários. A LRF estabelece que a União não pode gastar mais de 50% e se extrapolar, pode ocorrer até mesmo a demissão de servidores. Em ano de eleição, os governantes vão empurrando sempre a herança maldita para frente.

Confira o comentário completo de Thiago Uberreich: