Ninguém assume o protagonismo no País no combate à violência

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2018 10h52

Tudo o que as autoridades falam ou falaram sobre a segurança pública não passa de cascata no País. O ano passado começou com caos dos presídios e neste ano ao foi diferente. Nesta quinta o governador do RJ se reuniu com a cúpula da Segurança em Brasília, mas nada foi definido. Os encontros não servem para nada e tudo é paliativo.

Confira o comentário completo de Thiago Uberreich: