Bolsonaro usa casamento de Bonner e Fátima para mostrar que não há “fidelidade eterna”

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2018 21h50
Fábio Motta/Estadão ConteúdoMomento da entrevista logo caiu nas redes sociais

O candidato à presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi o entrevistado dessa terça feira (28) no Jornal Nacional. No meio da sabatina, ele cometeu uma gafe. Enquanto falava sobre a sua relação com o possível ministro da fazenda de seu governo, Paulo Guedes, usou como exemplo o casamento entre William Bonner e Fátima Bernardes.

Começou quando Bonner o indagou sobre o “poder excepcional” que estaria deixando nas mãos de Guedes e sobre uma possível ruptura entre o presidente e o ministro. O militar explicou que o relacionamento com Guedes é como se fosse um casamento, e disse que eles ainda estão se conhecendo. Até que tentou elucidar a questão usando o casamento de Bonner e Fátima para dizer que toda “fidelidade eterna” pode ter um fim.

“Bonner, quando nos casamos, eu com a minha esposa, você com a sua, nós juramos fidelidade eterna. E aconteceu um problema no meio do caminho”, disse o presidenciável.

As pessoas, nas redes sociais, não deixaram o momento passar em branco. Confira aqui: