Começou!!! Confira aqui o 1º dia de campanha dos presidenciáveis

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2018 20h49
Flickr/Retratos do BrasilComeçou a corrida rumo ao Palácio do Planalto

Com o final do registro de candidatura, a campanha eleitoral finalmente teve início. A partir dessa quinta-feira, 16, todos os 13 candidatos à presidência estão liberados para pedir o apoio e o voto da população – não se assuste caso encontre algum deles por aí. E esse primeiro dia foi tranquilo: poucos foram para a rua, a maioria preferiu postar vídeos em suas redes sociais atacando adversários e prometendo ações de governo. Confira os detalhes.

Bolsonaro
O candidato afirmou que não se preocupa com padronização de materiais e que não fará adesivos ou itens impressos. Sua imagem será usada nos poucos segundos que lhe é permitido na propaganda eleitoral – e serão feitas por celular. Ele não teve agenda eleitoral em seu primeiro dia de campanha.

Ciro Gomes
O candidato à presidência pelo PDT esteve no Rio de janeiro para o lançamento da candidatura para governador de Pedro Fernandes, também do PDT. O evento foi realizado em Irajá, na Zona Norte carioca. Ciro publicou um vídeo em suas redes sociais dizendo que vai “salvar o Brasil” e que está surpreendendo os adversários com os apoios que ele tem recebido dos candidatos a governador de diferentes estados brasileiros.

Geraldo Alckmin
O candidato do PSDB focou o seu primeiro dia de campanha em São Paulo e participou de um debate promovido pelo Grupo de Mulheres do Brasil, liderado pela empresária Luíza Trajano, presidente do Magazine Luíza. À noite, publicou um vídeo em suas redes criticando o PT e dizendo que não existe acordões e alianças entre os partidos. “Não tem aliança com o PT, nem com o Bolsonaro, meu compromisso é com você”, disse. Ele comentou também, apressadamente, sobre o apoio do centrão (DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade), alegando que é preciso ter apoio de legendas para aprovar reformas.

Guilherme Boulos
O candidato do PSOL, Guilherme Boulos, iniciou sua campanha com uma passeata que reuniu dezenas de apoiadores. A caminhada começou da Praça da Sé e terminou em frente ao prédio da Bolsa de Valores em São Paulo. O líder do MST disse que a campanha dele é de rua e não “de saguão de hotel de ar condicionado”. Ele estava acompanhado da vice Sonia Guajajara e de Lisete Arelaro – nome do PSOL para o governo de São Paulo.

João Amoêdo
O candidato João Amoêdo, do Novo, usou seu primeiro dia para divulgar um vídeo em que comenta seu patrimônio de 425 milhões de reais, o maior entre todos. “Eu trabalhei a minha vida toda, estudei bastante, trabalhei na iniciativa privada, não ganhei esse dinheiro com nenhum tostão vindo do governo ou fazendo acordo com nenhum tipo de empresa, com nenhum tipo de entidade pública, pelo contrário, foi com muita dedicação”, disse.

Lula
O ex-presidente, por motivos óbvios, não tem agenda de campanha. Enquanto a indefinição de sua candidatura persiste, Fernando Haddad, vice na chapa, cumpre agenda de candidato. No primeiro dia de campanha, Haddad participou de um debate promovido pelo movimento “Todos pela Educação”, em São Paulo.

Marina Silva
A candidata da Rede visitou um ambulatório médico comunitário instalado dentro de uma igreja no Cangaíba, bairro da Zona Leste de São Paulo. Ela estava acompanhada de seu vice, Eduardo Jorge, e do vereador Gilberto Natalini, que é médico e faz atendimentos gratuitos no local. Ao falar com as pessoas, Marina disse esperar que as pessoas promovam um “Lava-votos” nas urnas, em referência a operação Lava-Jato, e que elas não votem em candidatos corruptos. A candidata também publicou um vídeo em suas redes sociais indignada com a atual situação do país dizendo “não dá mais” e se colocando como a pessoa certa para “mudar o Brasil”.