Bolsonaro continua recebendo alimentos via endovenosa

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2018 19h24
FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDOEstado de saúde do presidenciável permanece o mesmo nas últimas 12 horas: sem febre e outros sinais de infecção

O candidato pelo PSL ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro, continua na unidade de cuidados semi-intensivos do Hospital Israelita Albert Einstein, onde foi internado no último dia 7 após ser esfaqueado durante campanha em Juiz de Fora (MG).

De acordo com boletim médico divulgado na noite desta quarta-feira (12), o estado de saúde do presidenciável permaneceu inalterado nas últimas 12 horas. Ele persistiu com a distensão abdominal e por isso, como foi divulgado anteriormente, a alimentação via oral foi suspensa, com retorno da alimentação parental (endovenosa) exclusiva. A reintrodução da alimentação oral “dependerá da evolução do paciente”, diz o boletim.

Bolsonaro também continua recebendo as medidas de prevenção de trombose venosa, sem apresentar febre ou outros sinais de infecção.