Médico aponta evolução clínica de Bolsonaro e diz que participação em debate depende apenas do candidato

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2018 12h37
Fábio Motta/Estadão ConteúdoA nota desta quinta-feira (18) não cita a liberação para participação de debates

Os médicos do Hospital Albert Einstein que atendem Jair Bolsonaro (PSL), Antonio Luiz Macedo e Leandro Echenique, foram ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira (18) realizar avaliações médicas do candidato à Presidência.

Na Barra da Tijuca, bairro onde mora o presidenciável, os médicos entraram e saíram sem conceder entrevistas. Em seguida, a equipe médica divulgou nota em que revela que houve evolução clínica e corporal de Jair Bolsonaro, mas que ele precisará de fisioterapia e de continuidade no processo nutricional.

Na penúltima avaliação de Bolsonaro, os médicos disseram que o candidato estaria apto a participar de debates e voltar à campanha, mas a nota desta quinta-feira (18) não cita o tema.

Entretanto, o médico Antonio Luiz Macedo, com exclusividade ao repórter da Jovem Pan, Rodrigo Viga, afirmou categoricamente que a decisão de participar de debates compete a Jair Bolsonaro e também a seus assessores e aliados, e que os médicos fazem apenas avaliação médica sobre o quadro de saúde do candidato.

Confira abaixo a nota da equipe médica:

“Comunicado à imprensa

Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2018 – O candidato a presidência Jair Bolsonaro foi submetido hoje a avaliação médica multiprofissional, de exames de imagem e laboratoriais, que se mostraram estáveis. Apresenta boa evolução clínica e a avaliação nutricional evidenciou melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia. Ainda permanece como fator limitante relativo a presença da colostomia”.

*Informações do repórter Rodrigo Viga