Novo Ministério do Planejamento vai desonerar empresas e trabalhador, diz Alckmin

  • Por Es
  • 18/08/2018 10h26
José Cruz/Agencia BrasilNa nova configuração, segundo ele, o Ministério da Fazenda acumularia política econômica, controle das estatais e a gestão do Orçamento

O candidato a presidente Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou na manhã deste sábado (18) que o Ministério da Reforma do Estado, pasta que ele quer criar para substituir o Planejamento, caso seja eleito, terá como uma de suas funções desonerar as empresas e os trabalhadores.

Além disso, a nova pasta vai se dedicar a dar mais eficiência ao governo, reduzir gastos, diminuir o tamanho do Estado, fortalecer a segurança jurídica e fazer parcerias.

Na nova configuração, segundo ele, o Ministério da Fazenda acumularia política econômica, controle das estatais e a gestão do Orçamento.

As declarações foram dadas após participação em evento do Partido Humanitário Nacional (PHS), em São Paulo.