Reprovação a Temer aumenta após intervenção; veja outros presidenciáveis

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2018 09h16
EFE/Sebastiao Moreira Presidente Michel Temer durante discurso no Fórum Econômico Mundial para a América Latina

Pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos revelada nesta quinta-feira (22) mostra que o presidente Michel Temer (MDB) é o campeão de impopularidade entre os pré-candidatos ao Planalto e outros nomes relevantes da política.

Há mais de dez meses com reprovação acima de 90%, o presidente do Brasil é rejeitado por 94% dos entrevistados e aprovado por apenas 4%. Dois por cento não souberam opinar. Na pesquisação anterior, a desaprovação de Temer estava em 93%.

A pesquisa foi realizada duas semanas após o anúncio da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro e não alcança a repercussão do assassinato da vereadora carioca Marielle, que aconteceu um dia depois do término do levantamento.

Confira a avaliação de outras personalidades políticas, do mais reprovado ao menos reprovado:

Michel Temer (presidente da República)

Reprovação: 94%

Aprovação: 4%

Não sabe: 2%

 

Fernando Collor (ex-presidente, PTC)

Reprovação: 86%

Aprovação: 3%

Não sabe: 10%

 

Gilmar Mendes (ministro do STF)

Reprovação: 80%

Aprovação: 18%

Não sabe: 2%

 

Fernando Henrique Cardoso (ex-presidente, PSDB)

Reprovação: 78%

Aprovação: 10%

Não sabe: 12%

 

José Serra (senador, PSDB)

Reprovação: 72%

Aprovação: 20%

Não sabe: 8%

 

Rodrigo Maia (presidente da Câmara, DEM)

Reprovação: 71%

Aprovação: 4%

Não sabe: 24%

 

Henrique Meirelles (ministro da Fazenda, PSD)

Reprovação: 69%

Aprovação: 5%

Não sabe: 25%

 

Fernando Haddad (ex-prefeito e ex-ministro, PT)

Reprovação: 66%

Aprovação: 7%

Não sabe: 27%

 

 

Ciro Gomes (ex-ministro, PDT)

Reprovação: 66%

Aprovação: 18%

Não sabe: 16%

 

Geraldo Alckmin (governador de SP, PSDB)

Reprovação: 66%

Aprovação: 22%

Não sabe: 12%

 

João Doria Jr. (prefeito de São Paulo, PSDB)

Reprovação: 62%

Aprovação: 18%

Não sabe: 20%

 

 

Jaques Wagner (ex-ministro e ex-governador, PT)

Reprovação: 60%

Aprovação: 5%

Não sabe: 35%

 

Jair Bolsonaro (deputado, PSC-PSL)

Reprovação: 60%

Aprovação: 24%

Não sabe: 16%

 

Marina Silva (ex-ministra e ex-senadora, Rede)

Reprovação: 59%

Aprovação: 30%

Não sabe: 11%

 

Lula (ex-presidente, PT)

Reprovação: 57%

Aprovação: 41%

Não sabe: 2%

 

Manuela D’Avila (deputada, PCdoB)

Reprovação: 54%

Aprovação: 3%

Não sabe: 43%

 

João Amoêdo (empresário, NOVO)

Reprovação: 53%

Aprovação: 3%

Não sabe: 44%

 

Raquel Dodge (procuradora-geral)

Reprovação: 47%

Aprovação: 15%

Não sabe: 38%

 

Cármen Lúcia (presidente do STF)

Reprovação: 47%

Aprovação: 23%

Não sabe: 30%

 

Sergio Moro (juiz federal)

Reprovação: 47%

Aprovação: 44%

Não sabe: 9%

 

Joaquim Barbosa (ex-ministro do STF)

Reprovação: 42%

Aprovação: 38%

Não sabe: 20%

 

Luciano Huck (apresentador de TV)

Reprovação: 35%

Aprovação: 58%

Não sabe: 7%

 

O Ipsos ouviu 1.200 pessoas em 72 municípios, entre 1.º e 13 de março.