“É clichê ter raiva de MC”, explica Biel ao retirar sigla do nome artístico

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2015 13h33

Cantor participou do Pânico nesta quinta-feira (28)

mc biel participa do pânico

Com contrato recém-fechado com uma grande gravadora, o ex “MC Biel”, que hoje atende apenas pelo nome de “Biel”, explicou o porquê da mudança. “É para pegar uma galera que a gente não pegou ainda, é meio clichê ter raiva de MC”, falou no Pânico desta quinta-feira (28).

Crescido em Lorena, interior paulista, o jovem artista de 19 anos não tem mais usado palavras de baixo calão em suas canções e tem sido chamado de “Anitta de calças” e “Justin Bieber brasileiro”.  

Em entrevista a Emílio Surita, Biel evitou criticar os funkeiros infantis, mas também não concorda com a postura e assuntos abordados pelos colegas de profissão. “Já ouvi falar de um desses funkeiros mirins que ele não canta em casa porque tem irmã pequena. Achei contraditório porque os outros também têm também irmãs”, comparou.

O músico, que tem feito aulas de violão, avaliou que o funk ostentação já está saindo de cena. “A galera não soube explorar muito, esgotou um pouco”, disse sobre a temática.

Biel acredita que faz mais sucesso pelo corpo musculoso que pelas músicas que compõe, já que estima que 97% de seu público é formado por garotas.