‘A democracia pode ser difícil, mas sem ela é pior’, afirma Tony Ramos

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2019 15h09
Globo/Paulo BeloteAtor comentou cenário político atual durante "Domingão do Faustão"

A política voltou a ser pauta na última edição do “Domingão do Faustão“. Durante entrevista, o ator Tony Ramos deu a opinião dele sobre o atual momento histórico do Brasil.

“Sempre achei que não havia nada melhor que a democracia. Não inventem outra coisa. A democracia pode ser difícil, mas sem ela é pior. A democracia é tudo o que nós precisamos. É tão bonita a democracia, ser livre para pensar, ir e vir”, disse.

Faustão entrou no clima e disse: “Os Poderes constituídos têm que dar uma lição de honradez, inteligência. Se não tem competência, que peça demissão. Os Poderes Judiciário, Legislativo têm que ter equilíbrio. Não estou falando especificamente de uma pessoa”, enfatizou o apresentador.

No início do ano, Faustão se envolveu em uma polêmica ao apresentar o prêmio Melhores do Ano. Em edição gravada, mas que só foi ao ar em janeiro, ele disse “imbecil que está lá e não devia estar”.

A frase foi automaticamente associada ao presidente Jair Bolsonaro, mas Faustão negou que havia criticado o presidente da República.

Na edição deste domingo, Fausto Silva deu um recado: “Está na hora de haver, não só por parte do presidente, mas de todos nós, um apelo à conciliação, ao entendimento”.

Tony Ramos preferiu amenizar o tom. “Temos um governo que democraticamente foi eleito, vamos dar tempo a eles para que entendam essas mensagens de educação, saúde. Quero um país melhor, onde temos que respeitar o voto e cobrar. O melhor lugar para cobrar é nas urnas”, concluiu o ator.

*Com Estadão Conteúdo