Bieber se declara à esposa e lembra período difícil da carreira: ‘Fiquei muito depressivo’

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2019 10h44
Annie Leibovitz/VogueJustin Bieber e Hailey Baldwin mostraram relacionamento sólido em entrevista para a Vogue

Justin Bieber e Hailey Baldwin estarão na capa da revista Vogue dos Estados Unidos do mês de março. A publicação mostrou a capa que traz o casal apaixonado abraçado, com o anel de casamento em evidência na mão da modelo.

Na chamada, já se pode ter uma ideia da entrevista. “Ela representa a segurança que eu sempre quis”, diz a frase de Bieber. Muito honesto, ele conta a história dos dois, que tiveram alguns desencontros até se acertarem.

O casal anunciou o noivado em julho de 2018, pouco depois de começarem o relacionamento. Eles acabaram casando em segredo em setembro. Ela chegou a negar, mas eles foram vistos em um cartório de Nova York para oficializar a papelada. A modelo patenteou o nome “Hailey Bieber” e trocou o username no Instagram.

“Eu sou o emocionalmente instável. Eu tenho dificuldades de encontrar a paz. Acho que me importo demais com as coisas e quero que tudo seja bem e que as pessoas gostei de mim. Hailey é muito lógica e estruturada, que é o que eu preciso (…). Com o estilo de vida que eu vivo, tudo é tão incerto. Eu preciso de certezas e é isso que é a minha linda”, confessou.

Sucesso precoce

Em evidência desde que tinha 13 anos, Bieber não esconde que teve problemas com a fama. Ele lembra, envergonhado, que teve fase muito promíscua e que chegou a usar Xanax – um remédio anti-ansiedade. “Acho que houve um tempo que meus seguranças entravam no meu quarto à noite para checar se eu estava respirando”, revelou.

Ele ainda abriu o jogo sobre sua última turnê, de 2017, que teve 150 shows em 40 países. Nos últimos 14, no entanto, ele resolveu dar um basta e cancelar os compromissos. “Eu fiquei muito depressivo. Eu não falei sobre isso, mas ainda estou processando muitas coisas. Eu estava solitário. Precisava de um tempo”, finalizou.