Cardi B se declara inocente de acusação de agressão

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2019 17h32
EFECarbi B negou que tenha pedido para seus funcionários agredirem garçonetes

Cardi B se declarou inocente perante a Justiça americana da acusação de ter agredido duas garçonetes em um strip club em Nova York, em agosto de 2018.

A cantora será julgada pelo crime de tentativa de agressão, com intenção de causar danos físicos. Ela ainda é acusada de ter cometido outras contravenções e violações. Ainda não se sabe quando o julgamento ocorrerá.

O incidente envolvendo Cardi B aconteceu no Angels Strip Club, na região do Queens, em Nova York. Segundo as garçonetes, a artista ordenou seus funcionários a atacarem elas com cadeiras e garrafas.

Em abril, a promotoria ofereceu um acordo para a defesa da cantora, que negou. O advogado das bartenders, Joe Tacopina, afirmou recentemente à revista People que Cardi B está sendo cobrada por seus crimes. “Aparentemente, ela acredita que seu status de celebridade a coloca acima da lei, já que ela se gabou para várias pessoas e nas redes sociais de ter ordenado os ataques”, disse.