Morte de João Gilberto repercute entre famosos e na imprensa internacional

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2019 18h15
ReproduçãoConsiderado um dos pais da bossa-nova e um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos, artista faleceu neste sábado (6)

A morte do cantor e compositor João Gilberto, aos 88 anos, gerou repercussão nas redes sociais e na imprensa internacional neste sábado (6). Personalidades do mundo da música, da política e da televisão lamentaram a notícia, confirmada pela família do artista no início desta tarde.

Considerado um dos pais da bossa-nova e um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos, João Gilberto inspirou gerações de cantores da Música Popular Brasileira. Uma de suas grandes parceiras foi a cantora Gal Costa, que se manifestou sobre a morte no Instagram. “Influência definitiva no meu canto”, ela escreveu.

Outros artistas como o rapper Marcelo D2, o vocalista da banda Skank, Samuel Rosa e o líder do Ultraje a Rigor, Roger Rocha, também foram às redes sociais prestar homenagens ao cantor.

View this post on Instagram

Obrigado João!

A post shared by Samuel Rosa (@samuelrosaoficial) on

Nomes importantes da rede Globo utilizaram o Twitter para lamentar a morte de João Gilberto. Os escritores Walcyr Carrasco e Gloria Perez, autores de novelas, foram os primeiros a prestar homenagem ao cantor. O apresentador Serginho Groisman também foi outro a citar o assunto.

 

No mundo da política, várias personalidades lembraram da carreira e das músicas de João Gilberto. O prefeito de Salvador, ACM Neto, a deputada Benedita da Silva e o ex-presidenciável Ciro Gomes se manifestaram poucos minutos depois que a notícia passou a circular.

 

 

A notícia da morte de João Gilberto ainda rendeu notas em jornais internacionais, principalmente dos EUA, onde o artista é frequentemente lembrado como um dos maiores ícones da música brasileira. Washington Post, New York Times, ABC News e Bloomberg foram os principais veículos que trataram do assunto nesta tarde.