Alcione pede que Bolsonaro respeite o Nordeste: ‘Não torço contra, mas o senhor não se dá ao respeito’; assista

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2019 14h03
Reprodução/Instagram"O senhor precisa ter medo do pensamento", disse a cantora

A cantora Alcione rebateu, neste sábado (19), as declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre o Nordeste. Em um áudio captado sem querer por microfones, Bolsonaro aparece utilizando o termo “paraíba” para se referir ao povo e aos governadores da região. “Daqueles governadores de ‘paraíba‘, o pior é o do Maranhão [Flávio Dino, do PCdoB]. Não tem que ter nada para esse cara”, disse Bolsonaro, sem saber que estava sendo gravado, ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Alcione gravou e publicou um vídeo em sua conta oficial do Instagram em que pede respeito ao povo nordestino, ao Maranhão e ao povo brasileiro como um todo. Vestida com a camiseta da bandeira do estado do Maranhão, no qual nasceu, ela afirmou que não se arrepende de não ter votado em Bolsonaro e que ele próprio não “se dá ao respeito”.

“Eu não votei no senhor, e não me arrependo. O senhor perdeu pro senhor mesmo. Eu sou uma brasileira que não torço contra o governo. Não votei, não torço contra. Porque? Não sou burra, eu sei que seu torcer contra, eu estou torcendo contra o meu país. Mas meu pai sempre me dizia uma coisa que meu avô já dizia para ele: ‘Quem quer respeito, se dá’. E o senhor não está se dando ao respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. Respeite o Maranhão“, pediu.

A cantora ainda afirmou que o presidente deveria pensar mais sobre o que fala, já que poderia perder os votos de “30 milhões de nordestinos”. E vou lhe dizer outra coisa: o senhor tem medo de facada, tem medo de tiro. Mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor, isso não é bom. Comece a nos respeitar. Respeite o povo brasileiro”, concluiu.

Assista: