Após ser acusada de machista em discussão com Pitty, Anitta se defende nas redes sociais

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2014 15h58
Reprodução / Instagram

Depois de participar de uma discussão acalorada no programa Altas Horas, Anitta foi fortemente acusada de ser machista. Segundo os sites divulgaram na internet, a funkeira entrou em uma discussão com a cantora Pitty sobre liberdade feminina e disse que as mulheres estão assustando os homens por “darem em cima demais” e “ficarem com caras em troca de bebidas caras”.

Em contrapartida, Pitty e Fernanda Paes Leme, que também estavam na gravação do programa global, se posicionaram contra e afirmara que as mulheres têm o direito de agir como quiserem e defenderam os princípios pregados pelo feminismo.

Em resposta às acusações que sofreu, Anitta recorreu ao Twitter para se defender: “Eu seria a pessoa mais hipócrita do mundo de fazer uma coisa e dar discurso falando outra. Eu posso não gostar do comportamento X e preferir Y ou vice-versa. Mas todos têm o direito de ter o comportamento que quiser”, explicou a cantora.

Pitty também esclareceu o que houve no programa e amenizou a polêmica: “Sinto muito decepcionar os urubus, mas não houve briga alguma. Discordamos, debatemos, conversamos. E isso é bom. E outra, não tô aqui pra brigar com mulher. Tô aqui pra brigar com o sistema que faz com que algumas reproduzam o discurso machista sem saber. Ani, chama as amiga e vamos trocar mais ideias”, convocou a rockeira.