Beyoncé é processada por ter site inacessível para deficientes visuais

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2019 12h41
Reprodução/FacebookSite de Beyoncé está sendo alvo de um processo por não ser inclusivo para deficientes visuais

A empresa Parkwood Entertainment, de Beyoncé, está sendo processada por uma mulher que afirma que o site Beyonce.com não é acessível para pessoas com deficiência visual.

O processo foi aberto em Nova York por Mary Conner, que alega que o site fere o Americans with Disabilities Act, lei que garante medidas de inclusão para americanos portadores de necessidades especiais. Segundo Conner, a página da cantora tem “interface exclusivamente visual”.

No processo, o advogado de Mary Conner disse que o sonho dela é ir a um show de Beyoncé. “Entretanto, quando ela entrou no site Beyonce.com, encontrou várias barreiras que limitaram seu acesso aos serviços oferecidos”, relatou. Entre as queixas, uma das principais é a de que a página não tem recursos que permitam que deficientes visuais usem o teclado em vez do mouse.

Ainda segundo o processo, o objetivo é contemplar todos os deficientes visuais dos Estados Unidos que tentaram acessar o site e não conseguiram usufruir dos serviços oferecidos. A Parkwood Entertainment ainda não se manifestou sobre o caso.