Bolsonaro não vai decretar luto oficial pela morte de João Gilberto

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2019 16h09
Marcos Corrêa/PRO presidente Jair Bolsonaro decidiu não decretar luto oficial no país pela morte de João Gilberto

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta segunda-feira (8) que o presidente Jair Bolsonaro decidiu não decretar luto oficial no país pela morte de João Gilberto, no sábado (6).

Em pronunciamento à imprensa, Rêgo Barros afirmou que Bolsonaro reconhece a importância de João Gilberto para a música brasileira. “Ele tornou a bossa nova um estilo de música conhecido internacionalmente. O presidente se solidariza com a família e os amigos nesse momento de dor”, disse.

Na noite de sábado, Jair Bolsonaro comentou brevemente a morte do artista. “Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família”, afirmou a jornalistas.

João Gilberto tinha 88 anos e faleceu de “causas naturais”, de acordo com a família. Ele foi enterrado nesta segunda, em um cemitério de Niterói, no Rio de Janeiro.

*Com Agência Brasil